sexta-feira, 18 de agosto de 2017

HORÁCIO

Resultado de imagem para imagens de horácio

HORÁCIO: 

"Cai com seu peso a força sem conselho;
"Força prudente em mães os deuses dobram
"Os  mesmos aborrecem valentias,
"De quem maldades pensa"

Postado por Daniel Costa 

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

J. J. ROUSSEAU

Resultado de imagem para imagens de j. j. rousseau

J. J. ROUSSEAU: "Evitemos as situações que coloquem os nossos deveres em oposição com os nossos interesses, e que nos mostram o nosso bem no mal dos outros, porquanto, em tais situações, ainda que entremos nelas possuídos de sincero amor da virtude, fraquejaremos cedo ou tarde, mesmo sem o perceber, tornando-nos então injustos e maus de facto, sem termos cessado de ser justos e bons no fundo da alma."

Postado por Daniel Costa

domingo, 13 de agosto de 2017

MOLIÉRE

Resultado de imagem para imagens de moliere

MOLIÉRE: "O amor da liberdade impede-nos muitas vezes de vermos os precipícios em que estamos quase para cair."

Postado por Daniel Costa

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

FÉNELON

that lipstick color is gorgeous on her!! I could never pull off that color! too pale, it'd make me look like a vampire :(

FÉNELON: "Os homens insolentes na prosperidade são sempre fracos e cobardes na desgraça, e perdem até a razão logo que das mãos lhe escapa a autoridade absoluta."

Postado por Daniel Costa

sábado, 5 de agosto de 2017

ANÓNIMO (espanhol)

sophia loren

ANÓNIMO (espanhol): "São perniciosos ao homem três muitos e três poucos: muito falar - e pouco saber; muito gastar - e pouco ter, muito presumir - e pouco ser."

Postado por Daniel Costa

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

ARLINCOURT

Resultado de imagem para imagens de arlincourt

ARLINCOURT: "Quando os povos estão em risco, ou quando se abalançam a uma gloriosa empresa, chamam em seu socorro homens de génio; e, enquanto o raio troa em torno deles, postam-se humildemente diante da estrela do salvamento, mas quando uma mão firme e atrevida, domando a tempestade, lhe faz suceder os belos dias, o ídolo inspira medo, como as tormentas que afugentou; e a mediania indigna-se de ver o astro dos maravilhosos destinos não cair, ao sabor dos seus desejos, de toda a altura da sua esfera sublime ao apertado círculo da sua mediocridade."

Postado por Daniel Costa