domingo, 8 de maio de 2011

ALFIERI

                         

ALFIERI: "... por isso, no decurso da minha vida, tenho tido pouquíssimos amigos; mas orgulho-me de ter tido todos bons e mais estimáveis do que eu. Nem outra coisa procurei  nunca na amizade  senão o reciproco desafogo das fraquezas humanas a fim de de que a sensatez e a amabilidade do amigo fosse atenuando em mim, e melhorando, as que não eram louváveis, e, pelo contrário, fosse corroborando e elevando as poucas louváveis de que o homem pode tirar proveito para os outros e honra para si."

Postado por Daniel Costa

1 comentário:

lita duarte disse...

É isso aí, Daniel.

Beijos.