quinta-feira, 15 de setembro de 2011

EMÍLIO CASTELAR

                     

EMÍLIO CASTELAR: "De que serve a vida, se não der seiva a outra vida?"

Postado por Daniel Costa

5 comentários:

Ivone Leão disse...

penso que seria como a água de um rio que não corre pro mar...

Bjo Daniel

MARILENE disse...

Colocação perfeita. A vida é para ser compartilhada, não é como um objeto que pode ficar esquecido em uma gaveta.

Bjs.

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Daniel. A vida é muito importante, e devemos dar valor à ela e as pessoas que partilham do nosso mundo, seja real ou virtual,não importa.
O amor, tem de encher o nosso peito transformando-se em vida, alimento diário!
Um beijo, e fique com Deus.

Vera Lúcia disse...

Olá Daniel,
Gostei muito de sua visita ao meu recanto.
A vida somente tem sentido real quando a utilizamos como instrumento de amor, solidariedade, permuta e partilha.
Grande abraço.

Pensador disse...

Não é à toa que eu sonho ter a minha ninhada com a minha Loba...