sábado, 12 de abril de 2014

EÇA DE QUEIROZ

 
EÇA DE QUEIROZ: "A arte é tudo... tudo o resto é nada. Só um livro é capaz de fazer a imortalidade de um povo. Leónidas ou Péricles não bastariam para que a velha Grécia ainda vivesse, nova e radiosa, nos nossos espíritos: foi-lhe preciso ter Aristófanes e Esquilo. Tudo é efémero e oco nas sociedades - sobretudo o que nelas mais nos deslumbra. Podes-me tu dizer que foram no tempo de Shakespeare os grandes banqueiros e as formosas mulheres?"
 
Postado por Daniel Costa

1 comentário:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sábio Eça. Escolhes muito bem, anjo.
Beijos,
Renata
PS: Onde postarás o selo?