sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

meditando

ITALO CALVINO: "As mulheres são, mais ou menos. como as traduções dos livros estrangeiros. Quando são bonitas, dificilmente são fiéis, quando são fieis. raramente são bonitas."

Postado por Daniel Costa

5 comentários:

Bill Stein Husenbar disse...

Excelente reflexão.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

EternaApaixonada disse...

*****

Consegui um pc para ainda deixar um abraço amigo!

Obrigada pela amizade neste ano!
Obrigada pelas visitas amigas!

Que neste Natal a esperança de um mundo melhor se concretize em 2009!

Até minha volta!

Meu carinho...

Helô

Sintonias do Coração

ETERNOS SONHARES

Coisas da Helô ©

*****

Um pensamento que faz pensar... risos...Apesar de discordar...;)

*****

Marta Vasil disse...

Comparar as mulheres a livros é uma comparação soberba para quem entenda os livros como complementos de vida e alma.

Quanto à comparação com as traduções... fico-me no silêncio... a encher-me de suores!!!!
Esta postagem dava um excelente e aceso debate ao vivo.
tenho que quebrar só um bocadinho do silêncio: uma tradução bonita e perfeita não pode ser fidedigno?
Um abraço

MV

Val Du disse...

Oi, Daniel.

Será? Hehehehehe, é preciso refletir.

Um beijo.

Ricardo Valente disse...

Concordo! O macho tem que lhes fuder bem, tb! Abraço! (desculpa o palavrão!)